13º Salário! E agora o que fazer?

Atualizado: Jul 14

Chegando o final de ano e, para aqueles que são empregados regidos pela CLT, essa é uma época toda especial! Época de pagamendo do 13º salário! Coisa boa, uma renda extra além dos 12 salários mensais. Neste artigo quero tratar com você sobre essa renda e como traçar estratégias para uma melhor utilização.

O 13º salário, também conhecido como Gratificação Natalina, é um pagamento de mais um salário para os empregados e ele ocorre, geralmente, nos meses de Novembro e Dezembro, sendo a primeira parcela paga até o dia 30 de novembro e a segunda para até o dia 20 de dezembro. Sem nos prendermos ao aspecto legal, é suficiente saber que para cada 15 dias trabalhados em um mês, o empregado tem direito a receber 1/12 avos do seu salário mensal. Ou seja, basta pegar o valor do salário (digamos que R$ 1.045,00) e dividir por 12. Nesse caso do salário de R$ 1.045,00 teríamos um valor de R$ 87,08 para cada mês em que o empregado trabalhe 15 dias. Então até o dia 20 de dezembro essa verba estará na conta (mesmo que parceladamente), pronta para gastar! Mas aí vem o problema: Como gastar da melhor forma esse dinheiro extra?


Geralmente nessa época as lojas estão se preparando para o período de Natal, então não faltam propagandas, promoções e tudo quanto é tipo de iscas para chamar os clientes a comprarem. Só que antes de se entregar ao consumo de fim de ano é importante prestar atenção a algumas práticas financeiras. Primeiramente, nosso bom e velho "pague-se primeiro". Acredito que você já deva saber muito bem o que é isso. Antes de qualquer plano para gastar seu dinheiro, lembre de poupar uma parte (de 10% a 30%). Depois disso, não esqueça das dívidas de começo de ano. Isso é muito válido para quem tem carro (pois tem-se os tributos a serrem pagos), filhos em escolas particulares (mensalidades, uniformes e materiais escolares) ou qualquer despesa que tenha renovação no início do ano. Pensar em destinar uma parte do valor do 13º salário para esses despesas é a atitude mais prudente, pois ajudará a amenizar o impacto nos orçamentos mensais do próximo ano. Feitas essas considerações, aí sim, pode-se partir para os gastos de fim de ano! Apesar de parecer uma atidude totalmente fora do senso comum, mas acredite, vai fazer toda diferença no seu resultado financeiro. Além de aumentar a sua reserva financeira, ainda irá lhe proporcionar mais tranquilidade para as despesas sazonais no início do ano.

Agora se você não tem as depesas que citei, então uma opção boa seria destinar metado do valor de seu décimo terceiro para sua reserva financeira, de modo a acelerar a sua formação para que assim possa passar para os próximos objetivos financeiros. Ou seja, poupar metade e gastar a outra metade. E como há o parcelamento do décimo terceiro, dá até para se programar em guardar no mês de novembro e no mês de dezembro gastar sem peso na consciência.


Enfim, com qualquer renda que você receba, sempre a melhor opção é ter uma visão mais prudente, visando a formação de sua real riqueza, antes de querer sair gastando com tudo o que aparecer pela frente. Essa mesma lógica pode ser aplicada para valor de férias ou qualquer outra bonificação que se receba. Pensar dessa forma é formar uma mentalidade focada para o progresso, para a formação de riqueza financeira, que eu acredito que isso seja uma das coisas que você deve estar procurando em sua vida. Agora se você pensar como a maioria, apenas focar em consumir tudo (ou mais) do que se ganha, fatalmente você estará formando uma mentalidade apenas focada ao consumo, a mentalidade de quem vai ser um "Pagador de Contas" para o resto da vida. Então, esse momento de recebimento da gratificação natalina é ótimo para se praticar uma gestão financeira melhorada, já sendo um preparatório para quando você ganhar mais dinheiro em sua vida saber como administrar da melhor forma suas finanças. Então, gaste com sabedoria o seu tão esperado décimo terceiro salário e seja feliz! =)


CLIQUE AQUI para conhecer o meu e-book: "Princípios da boa gestão financeira". Um manual simples e prático com os conhecimentos sobre Educação Financeira que irá lhe ajudar a alcançar um nível financeiro mais sustentável e próspero!


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo